PT   EN   

  AGROBIO [PT] > AGROBIO > Notícias Agrobio > Sobre o Artigo da Visão "A Fraude nos Biológicos"

 Mural dos Associados



Noticias Classificados

  

Herdade dos Outeiros Altos recebe Rolha de Ouro 2017

No passado dia 15 de Setembro a Weinloge, uma associação de consumidores de vinho alemã, entregou o prémio da Rolha de Ouro 2017 ao associado da Agrobio "Herdade dos Outeiros Altos". É a primeira vez que este prémio é atribuído em Portugal.

Ananda - A Nova Mercearia Bio em Oeiras

A Ánanda - Mercearia Biológica é uma nova Mercearia com certificação biológica, que abriu recentemente em Oeiras, com o objetivo de fomentar o consumo sustentável, local e ético.


Sobre o Artigo da Visão "A Fraude nos Biológicos"

Em 2017, a Agricultura Biológica (AB) em Portugal, está em franco crescimento baseado no interesse crescente do consumidor em ter acesso a produtos biológicos. Como reflexo temos a aposta crescente da grande distribuição neste mercado, de que é exemplo a aquisição da única cadeia de supermercados biológicos (BRIO) pelo grupo SONAE.

 

O grande desafio atual é o aumento da oferta de produtos biológicos portugueses, este é um objectivo primordial para o desenvolvimento da AB em Portugal. Por outro lado, a informação e o reforço da confiança sobre o Biológico é outra peça fundamental.

 

A Estratégia e o Plano de Acção Nacional para o Desenvolvimento da Agricultura Biológica foram aprovados no dia 7 de Junho de 2017 e publicados em Diário da Republica no dia 27 de Julho. Este documento representa um compromisso fundamental entre o sector e o Governo para o incremento da AB em Portugal.

 

Assim, não será de estranhar que em simultâneo haja quem veja neste sector uma ameaça ao status quo da Agricultura Portuguesa.

 

O artigo da revista Visão do passado dia 29 de Junho, que deixou a sociedade portuguesa surpreendida ao colocar em causa a qualidade dos produtos biológicos em Portugal, era para ter saído logo após a aprovação da estratégia, não aconteceu devido à tragédia dos incêndios.

 

A Agrobio, num compasso de espera, levou a cabo um conjunto de procedimentos, nomeadamente o do direito de resposta, que foi recusado. Fizemos também queixa à ASAE, solicitando uma investigação sobre o caso de contaminação das couves com glifosato de forma a ser apurado e responsabilizado o prevaricador. Quanto a este assunto aguardamos ainda resposta. Procedemos também a uma investigação sobre a acreditação do laboratório Labiagro para analisar as substâncias em causa, concluíndo que este laboratório não estava habilitado para fazer análises certificadas a algumas das substâncias encontradas como é o caso do glifosato. Finalmente, reunimos também com diferentes atores do movimento da Agricultura Biológica e recolhemos diferentes pontos de vista sobre a reportagem.

 

Não tendo sido possível publicá-lo na revista em causa, publicamos então o nosso direito de resposta, disponibilizando também outros dois documentos, um da Plataforma Transgénicos Fora e outro do fundador da Agrobio, Jean Claude Rodet.

 

Como nos parece que o artigo da revista da Visão foi altamente tendencioso, no sentido de denegrir um setor inteiro, deixamos também alguns estudos para que possam ser descarregados e para que se possa perceber a verdadeira importância da agricultura e alimentação biológica.

 

"Exma Senhora

Directora

VISÃO

Rua Calvet de Magalhães, 242.

2770-022 Paço de Arcos

Ao abrigo do previsto pela Lei nº 2/99 de 13 de Janeiro, a AGROBIO – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, sita na Alameda das Linhas de Torres, 277, Lisboa, vem por este meio exercer o seu legítimo direito de resposta à publicação de artigo sobre produtos biológicos em 2017.06.29, na VISÃO:

  1. A AGROBIO vai remeter este artigo para as autoridades competentes para que investiguem a veracidade da informação, nomeadamente o caso da presença do glifosato em couves;

 

  1. Durante o contacto entre o jornalista Luís Ribeiro e a AGROBIO perguntámos como se identifica um produto biológico e demonstrou não saber. Assim, como pode garantir que recolheu produtos biológicos para análise ? ;

 

  1. Este trabalho jornalístico não é representativo, logo as conclusões não são válidas. Para serem válidas teriam que saber o universo de pontos de venda de produtos biológicos em Portugal (+ de 1000), escolher uma amostra representativa de pontos de venda, que para um erro de amostra de 5% e nível de confiança de 95%, seriam 278 os pontos de venda a observar e distribuídos por todo o território nacional. Ora isto não foi feito;

 

  1. É referido que o laboratório Labiagro encontrou em análise a couves 1,2 mg de glifosato. O laboratório Labiagro não está acreditado pelo IPAC (Instituto Português de Acreditação) para fazer análise a esta substância e mais nove substâncias que diz terem sido encontradas. Estes resultados não estão certificados. Isto é, não podem ser credíveis;

 

  1. A presença de um valor de contaminante desta ordem é, na verdade, um risco grave para a saúde pública. Porque não de imediato comunicado às autoridades competentes, para que estes alimentos fossem retirados do mercado dado a existência de risco continuado e para que fossem encontrados os responsáveis?;

 

  1. A AGROBIO, há 32 anos a promover e divulgar a Agricultura Biológica em Portugal garante, esta é a agricultura mais regulada e controlada, fornecendo alimentos saudáveis, amigos do ambiente e de acordo com o bem estar animal.

 

 A Direcção da AGROBIO "

 

Tenha acesso à resposta da Plataforma Transgénicos Fora aqui

Tenha acesso à resposta de Jean Claude Rodet aqui

ESTUDOS

Implicações na Saúde Humana da Alimentaçção e Agricultura Biológica
Meta - Análise encomendada pelo Parlamento Europeu, Dezembro de 2016

Maior concentração de Antoxidantes e níveis inferiores de cadmio, baixa incidência de resíduos de pesticidas em culturas biológicas: uma leitura sistemática e meta análise
British Jornal of Nutrition, 2014

Qualidade e segurança alimentar dos produtos de agricultura biológica
José Carlos Ferreira, 2010

 

Agradecemos a todos aqueles que têm estado em defesa da Agricultura Biológica em Portugal, assim como da Agrobio - Associação Portuguesa de Agricultura Biológica. 

25-08-2017

 

                                                                                                                        
Mercados Agrobio Alimentação Saudável Formação e sensibilização Apoio técnico à produção

mamaot2 ue2 ifoam Entidade Formadora Certificada - DGERT facebook_icon twitter_icon

AGROBIO

Notícias Agrobio
Quem somos
O que fazemos
Inscrição de Associados
Mural dos Associados
Press Room
Publicações
Contactos

Notícias

Agricultura Biológica

O que é a Agricultura Biológica?
12 razões para preferir biológico
4 Princípios da AB
Desenvolvimento da AB
Certificação em AB
Links

Campanha +BIO

Agricultura Social

Guia do Consumidor

Mercados AGROBIO
Pontos de Venda
Terra Sã
Alimentos de Época

Formação

Produzir e Comercializar

Vantagens do apoio técnico AGROBIO
Apoio Técnico à Agricultura Biológica
Apoio à produção familiar
Projectos de investimento
Apoio ao Desenvolvimento Comercial

Aconselhamento Agrícola

Formulário de inscrição
Serviço de Aconselhamento
Copyright @ 2011 Agrobio. Todos os direitos Reservados.      SICLIK S8V2.AGROBIO.PT.1